INTERCLUBES - ABSOLUTA/Perdendo de 2x0, Dom Bosco vira o jogo e ganha do Operário por 4x2; confira a




O Dom Bosco perdia de 2x0 mas derrotou o Operário de forma surpreendente. No primeiro tempo teve domínio absoluto do Operário e parecia que apenas uma equipe estava em campo, a não ser pelo nervosismo dos jogadores do time celeste, que reclamou muito da arbitragem. Teve cartão até pra quem estava fora de campo: o goleiro Jailson vai ter que trazer leite pra compensar os cartões que levou. A supremacia do Operário no primeiro tempo teve os gols do Artur Horn e do Diego Ribeiro. No segundo tempo o Dom Bosco voltou mais atento para o jogo e buscou o ataque. Funcionou. João Caroni fez o gol do 2x1 e Matheus Feliz empatou. Era o dia dele, porque os outros 2 gols do Dom Bosco também foram marcados pelo dono da camisa 9. O Operário parecia cansado no segundo tempo e não conseguiu reagir, mesmo sendo empurrado pela sua torcida. Do outro lado, Xuxinha, que abandonou o campo na metade do segundo tempo com o joelho machucado, parou de reclamar e foi festejar com a esposa dele e o bebê. Detalhe: a criança trajava uniforme do time do pai dele.






Cuiabá e União


O União ganhou de 2x1 e chegou à sua terceira vitória consecutiva em 3 jogos do campeonato. Mas não foi mel na chupeta não, porque o Cuiabá tem um ótimo time, e por sinal foram eles quem abriram o placar com 1 gol do Pedro já no segundo tempo. Ricardo Lopes, atacante do União, jogou muito aquém do futebol dele e desperdiçou inúmeras chances de gol. Sem poder contar muito ou nada com seu astro principal, o União teve que tirar leite das pedras. Numa cobrança de escanteio, Júnior fez o gol de empate, e o gol da virada do União foi, adivinhem de quem? Do Ricardo Lopes. Ainda assim ele quase perdeu, porque na primeira tentativa o goleiro Cláudio rebateu, mas o sortudo do Ricardo Lopes, sentado ao chão, conseguiu empurrar a bola para o fundo das redes. Suspiro de alívio para o Cláudio treinador, que também teve seus méritos pelo time ter vencido, uma vez que o União fez um segundo tempo mais determinado a ganhar o jogo. Teve alguma alteração no intervalo que fez a diferença no jogo do time de vermelho e branco.



Mixto e Sinop


O placar foi de 2x2, mas foi um jogão de bola. Enquanto o Mixto tem um elenco que daria tranquilamente pra montar 2 times, o Tutu precisou inovar pra conseguir o número mínimo de jogadores para a competição. Até o goleiro Rogério vestiu a farda pra jogar na linha, e foi o único jogador que o Sinop tinha no banco. Então foi assim: Seleção do Mixto de um lado e o Sinop do outro. Lembrava até aquela cena do filme do Davi e Golias. Mas quem começou arrasador foi o Sinop, que ontem não teve o Medina mas teve o Rafael Gimenez lá na frente com o Tutu, e também contou com o Cássio na retaguarda. Ele mais uma vez foi quase insuperável na defesa, e o time de verde foi quem inaugurou o placar, com Diego. O Mixto só empatou cerca de 10 minutos depois. No segundo tempo Tutu pegou uma sobra e, de canhotinha, meteu na gaveta, fazendo um golaço. Tutu correu muito e jogou bem, mas o Sinop não teve forças pra segurar o resultado, e o Mixto novamente deixou tudo igual. Os gols do Mixto foram marcados por João Coringa e Guiga. Foi um jogo de muita qualidade e poucas faltas, com pouco trabalho para o árbitro. Resultado final, 2x2. Nos jogos da categoria absoluta geralmente é assim. Pulmão e pernas de aço. O coração também tem que ser forte, porque nem sempre vence o favorito, e as disputas são sempre abertas.






Rua Alexandre de Barros, 67 - Chácara dos Pinheiros (Coxipó)
Cuiabá-MT - Cep 78080-030
Tel: (65) 3661-1944 | +55 65 9 9235-2546- E-mail: aabbcba@terra.com.br