Ajax e Celtics vencem semifinais e têm uma semana de tempo pra mostrar quem é o melhor; na supermast







O campeonato abebeano 2019 está chegando ao fim, e vai deixar saudades. Sábado que vem, no feriado de 7 de setembro, já será a final, com os protagonistas que venceram a batalha da classificação neste sábado à noite. Os finalistas da categoria master, que já haviam sido definidos na rodada anterior, serão o PSG e o Barcelona. Já os classificados da absoluta e supermaster foram conhecidos ontem em quatro jogaços.


Pela categoria absoluta, o Ajax desbancou quase todos os adversários e já está com a mão no troféu. O penúltimo desafio do time verde claro foi a respeitadíssima Juventus do Yuri, e com um gol do Anderson BB eles conquistaram a vaga na final. Teve apenas um gol nesta semifinal, mas o jogo foi intenso e equilibrado, com boas jogadas e lances polêmicos de ambos os lados. Yuri, o barbudo da Juventus, não disputará a final mas levará o troféu de artilheiro da categoria, com 14 gols.


O outro finalista da absoluta é o Celtics, que não chamou muita atenção no início do campeonato mas foi crescendo a cada rodada, e de vitória em vitória conseguiu chegar aonde todos gostariam de estar. Pra isso, ontem, o Celtics encarou o líder do campeonato e começou perdendo o jogo, porque Rafael Cabelo fez um golaço para o Atlético de Madrid, numa cobrança de falta.

Só que o Atlético demonstrou nervosismo exagerado em campo e cedeu o empate. Pablo Willian pulou lá no alto atrás da bola e conseguiu cabecear com categoria para o fundo da rede do goleiro Rogério.


O placar do jogo no tempo regulamentar foi 1x1, e os 2 times estavam visivelmente nervosos em campo. O Atlético, além de perder para o Céltics nos pênaltis, perdeu pra si mesmo na semifinal.


Foi um jogo ótimo e tudo poderia ter sido resolvido no tempo normal pelos pés de Gimenez, Cabelo e Tutu, da mesma forma que o Celtics também chegou com perigo várias vezes ao ataque, mas os líderes do campeonato, que muitas vezes encantaram pelo toque de bola paciente e eficiente, diante do Celtics não demonstraram o mesmo autocontrole e os nervos de aço de jogos anteriores. Na cobrança de pênaltis, o goleiro Max montresor fez toda a diferença e assegurou a vitória e a classificação do Celtics.


SUPERMASTER


Também foi nos pênaltis que o Real Madrid entregou o ouro para o Barcelona na categoria supermaster. A equipe do Milton Fiorenza abriu o placar e tinha time para aumentar o placar e se impor no tempo regulamentar, mas o time do Nilo buscou o empate e acabou levando o jogo para as penalidades. Na hora dos chutes, é bem provável que o goleiro Wendel tenha enfeitiçado seus adversários, porque o Iberê chutou fraco e o goleiro pegou. O Real Madrid foi mal nos pênaltis, enquanto o Barcelona foi impecável.


A outra vaga de finalista da supermaster ficou para o PSG do Cláudio Careca, que derrotou o Liverpool do Nel por 1 x 0. E adivinhem de quem foi o gol! Do Paulão. Foi ele quem marcou o primeiro gol deste campeonato, foi ele quem marcou o gol de número 500 do campeonato no jogo de ontem, e foi ele quem levou o PSG à final.


O primeiro tempo do jogo entre o Liverpool e o PSG foi bastante equilibrado, com os dois times atacando e errando o gol. No segundo tempo o Liverpool pareceu ainda mais forte, atacando várias vezes e levando perigo ao gol de Jailson, enquanto o PSG voltou retraído, deixando apenas o Paulão lá na frente. Parecia uma tática errada, porque o atacante, solitário, não tinha com quem tocar a bola, e o Liverpool literalmente mandou no jogo, chegando a perder 4 gols feitos, com bola na trave, inclusive.


Mas o Liverpool cometeu uma falha que acabou sendo fatal. O jogador Orli, em vez de tocar a bola para a lateral, tocou de calcanhar nos pés do centroavante do PSG, que não desperdiçou a chance. A vaga na final foi bastante comemorada pelo PSG, mas o Paulão lembrou, com humildade, que em jogos de final de campeonato não há favoritos. Ele ressaltou, entretanto, que a equipe está de parabéns pelo ótimo desempenho.


Menos humilde que o Paulão, o goleiro Jailson afirmou, em tom brincalhão, que já está acostumado a ganhar do Max Rogério. "Todas as vezes que enfrento ele nos jogos de mata-mata, a gente põe ele pra fora. Na última final (do Lameirinho), nós fomos campeões com o time do Pio, e hoje na semifinal jogamos ele pra escanteio outra vez", concluiu.



Rua Alexandre de Barros, 67 - Chácara dos Pinheiros (Coxipó)
Cuiabá-MT - Cep 78080-030
Tel: (65) 3661-1944 | +55 65 9 9235-2546- E-mail: aabbcba@terra.com.br