O sólito Atlético da categoria master: começa perdendo mas vira o jogo e derrota um gigante do campe



O time do Atlético de Madrid que jogou ontem à noite (10/08) foi o mesmo de sempre. Entrou em campo com todos os jogadores que tinha, ou seja, não ficou ninguém no banco, e desta vez não tinha nem mesmo o treinador para dar alguma orientação. O time, como sempre, sofreu turbulências no começo do jogo, e parecia que era o dia errado pra eles. Só que não.


O ataque se comportava de modo estranho, como se estivessem todos adormecidos em campo, e a defesa sofria, principalmente porque no PSG tem um cara chamado Dhiogo Vovô, que rouba a bola e constrói as jogadas com grande habilidade e velocidade, muitas vezes finalizando ele mesmo o lance. Foi numa dessas jogadas maravilhosas de Vovô que o PSG abriu o placar. Ele chutou forte e Rogério defendeu, mas a bola sobrou nos pés de Thiago Pio, que escorou para o fundo das redes.


O empate do adversário, entretanto, veio logo em seguida, numa jogada finalizada por Thiago Simoni. Nesta fase do jogo a defesa do Atlético ainda esbravejava com os atacantes pedindo ajuda na cobertura lá atrás. Aparentemente as jogadas no meio campo eram todas do PSG, já que os jogadores do Atlético não apareciam para dar o combate, e a defesa do Atlético teve muito trabalho pra conter as investidas, ora do Bruel, ora de Thiago Pio e muitas e muitas vezes do Dhiogo.


Só que este é o estilo de jogo deste Atlético de Madrid, que sempre deixa o adversário jogar e pensar que é superior. O time sofre o assédio constante dos adversários, mas os jogadores do Atlético não se abalam. É assim que eles gostam.


O Rafael Gimenez desfalcou o Atlético ontem, mas o outro Rafael, o Cabelo, foi suficiente pra buscar o gol da virada. O excelente time do Bruel e companhia reagiu imediatamente com um golaço de Rafael Oliveira, num chute quase do meio do campo e de frente para o gol. O goleiro Rogério fez uma ótima partida ontem, mas não conseguiu nem ver a cor da bola no gol do Rafael.


O jogo se encaminhava para o fim e dava a impressão que o placar ficaria nos 2 x 2, mas aí apareceu um gol do mais baixinho e franzino do time do Atlético, um carinha chamado Kayan. Pequenino sim, mas acertou um chute indefensável que deu a vitória ao Atlético de Madrid. Com esta vitória, o Atlético se consolida em primeiro lugar na classificação do campeonato, e a derrota não abalou o PSG, que também já está classificado para a próxima fase.

Rua Alexandre de Barros, 67 - Chácara dos Pinheiros (Coxipó)
Cuiabá-MT - Cep 78080-030
Tel: (65) 3661-1944 | +55 65 9 9235-2546- E-mail: aabbcba@terra.com.br