Da escolinha da AABB Cuiabá para o futebol profissional

Ex-aluno da escolinha é aprovado no Londrina Esporte Clube, do Paraná. Ele e muitos outros garotos foram revelados na AABB e agora estão em alta no futebol.

Técnico e versátil, o cuiabano Thyller Gabriel Neves é um atleta que tanto pode jogar de zagueiro como de volante. "Acho inclusive que foi isso que fez com que ele passasse na avaliação no Londrina", diz o professor Gonçalo. "Trabalhando comigo há mais de um ano, a gente logo viu que ele tinha condição. Então conversei com os demais professores da escolinha, e concluímos que ele merecia uma oportunidade num clube profissional. O teste no Londrina graças a Deus deu certo, e o Gabriel volta pra lá logo após a Copa do Mundo. Esperamos que consiga prosseguir na carreira, porque, além de ser um bom jogador, o Gabriel é disciplinado, e esta é uma das qualidades mais valorizadas nos atletas nos dias atuais".

O garoto também foi elogiado pelo exigente Professor Claudemir, para quem não foi nenhuma surpresa o Londrina ter gostado dele. "Eu o segui durante 3 anos, e neste período fui vendo as passadas longas, o porte físico e o excelente nível técnico do aluno".

Antes da fama muitos bons jogadores passaram pela escolinha, a exemplo do Michel e do Vitor, que atualmente jogam no Dom Bosco. O Vítor ficou na AABB por mais de 5 anos, dizem os relatos. "Temos também o Índio, jogador do sub 20 que hoje está no Cuiabá", recorda Claudemir, lembrando em seguida do Natanael, sobrinho do Professor Gonçalo, que hoje joga na Bulgária e só vem a Cuiabá nas férias. "Ele começou na AABB aos 7 anos de idade. Somente comigo ele treinou durante 4 anos", disse Claudemir.

A escolinha da AABB Cuiabá também exportou jogadores para o Grêmio e para o Internacional de Porto Alegre. Jael Ferreira Vieira, mais conhecido como Jael o Cruel, ou simplesmente Jael, joga no Grêmio e atua como atacante. Do Internacional, citamos um garoto de 12 anos de idade, da base do time. Getúlio Soldatelli Magalhães é zagueiro e já faz 1 ano que está jogando no clube colorado. O pai do garoto, senhor Hélio Magalhães, aguarda ansioso que o filho alcance os 15 anos de idade, porque a partir daí ele poderá jogar pelo Internacional em outros níveis. Getúlio foi aluno da escolinha da AABB Cuiabá dos 06 aos 10 anos.

Rua Alexandre de Barros, 67 - Chácara dos Pinheiros (Coxipó)
Cuiabá-MT - Cep 78080-030
Tel: (65) 3661-1944 | +55 65 9 9235-2546- E-mail: aabbcba@terra.com.br